quarta-feira, 18 de janeiro de 2012

Nova portaria autoriza táxis de Vitória a pararem em qualquer ponto

Elizabeth Nader
passageiro carregando mala em direção ao ponto de táxi no aeroporto de Vitória
A livre parada não vale para os pontos localizados no Aeroporto (foto) e Shopping Vitória


Para melhor atender os usuários do serviço de táxi da capital, a Secretaria Municipal de Transportes Trânsito e Infraestrutura Urbana (Setran) autorizou os taxistas de Vitória, por meio das portarias 05/2012 e 06/2012 (páginas 29 e 30), a pararem em qualquer ponto de táxi, com exceção dos pontos do aeroporto e Shopping Vitória. No entanto a medida tem outras condicionantes.
 
A Portaria 05/2012 autoriza os taxistas a pararem em qualquer ponto, entre 6h e 22h, desde que não haja nenhum táxi estacionado no local. Depois de estacionado, o taxista poderá permanecer no local até embarcar passageiro, mesmo que cheguem táxis vinculados ao ponto.

Já de 22h às 6h, os taxistas estão autorizados a pararem em qualquer ponto, desde que exista vaga disponível. Caso um taxista vinculado ao ponto chegue no local e não haja mais espaço físico para estacionar, o último táxi que não for vinculado ao ponto deverá sair para que esse possa estacionar.
 
A Portaria 06/2012 limita o horário de 6h às 9h, para atuação dos taxistas de apoio, nos pontos que atendem os hotéis da cidade. A autorização vale somente para os táxis convencionais.

De acordo com o secretário municipal de Transportes, Trânsito e Infraestrutura Urbana, Domingos Sávio Gava, a medida, que dará mais rotatividade aos táxis, foi discutida com o sindicato da categoria. "Essa é uma medida que visa dar mais rotatividade e opções para quem utiliza o serviço. Foi uma decisão amplamente discutida com o sindicado da categoria, que nos apoiou e contribuiu para que isso acontecesse".

O presidente do Sindicato dos Taxistas de Vitória, João Vailant, também concorda com a decisão. "Estamos de acordo com a medida que vai melhorar o serviço, tanto para o usuário, quanto para os taxistas. Ficaremos monitorando, se acharmos necessário um ou outro ajuste, vamos solicitar", informou João.

Com edição de Deyvison Longui


Fonte: http://www.vitoria.es.gov.br/secom.php?pagina=noticias&idNoticia=7752

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada pelo contato!