quarta-feira, 24 de agosto de 2016

O que vi na Festa do Morango - Pedra Azul - 2016

Belezas Naturais, Aromas e Sabores


Pedra Azul é uma região de belezas naturais mágicas, possui um dos 3 melhores climas do mundo e é a segunda maior cobertura da Mata Atlântica do país. Tem como principal símbolo e cartão postal a Pedra Azul, uma formação de granito e gnaisse de 1.822 m de altitude que adquire coloração azul e esverdeada conforme a incidência da luz solar.
Pousadas requintadas constantes do Roteiro do Charme ou somente intimistas e aconchegantes, restaurantes laureados ou simplesmente típicos ou caseiros, o Charme é uma constante em Pedra Azul. A região está se preparando cada vez mais para ser um destino turístico consolidado, de abrangência nacional e internacional, com vocação em enologia, gastronomia, turismo de contemplação e esportes de aventura.
Com predominância alemã, já foi eleita a Cidade Mais Romântica do Brasil e é mundialmente conhecida pelos eventos culturais, festivais e corais. Cultua fortemente as tradições italianas, que também exercem grande fascínio sobre os turistas.
Fonte: http://www.pedraazul.com.br/website/Site/Regiao.aspx
   
   



Eu já Fui:
A Festa do Morango é tradicional na Região, popular em todo o Estado, em agosto de 2016 foi realizada a 29ª edição. Infelizmente não encontrei a História da Festa (como surgiu, quem iniciou...), nem no site da Prefeitura, nem no site da organização, nem no google...Juro!!!! 
Mas enfim... faz muito tempo que eu estava curiosa para conhecer esta festa, principalmente porque amo morango, que combina muito com chocolate e nutella, o que já torna o morango totalmente perfeito! Rs E estava curiosa também, por ter conhecido a Festa da Polenta e ter amadoooooo, inclusive me emocionado com aquela linda festa.. Então pensei... "Eu gosto de polenta, se na festa da polenta eu chorei emocionada, então na morango que eu adorooo, vou me emocionar ainda mais... que festa linda deve ser!"  
No domingo de manhã saímos de Vitória, chegamos na cidade cedinho, umas 9h30, ao chegarmos próximo ao Morangão (Centro de Eventos da cidade), meu namorado analisa o tamanho do local do Evento e diz "vamos caminhar um pouco, esse espaço da festa parece pequeno e temos o dia todo para conhece-lo depois!" Ok! Vamos lá ... e após 2h30 de caminhada dei-me conta de que eu era uma sobrevivente da Rota do Lagarto a pé, sim, andamos 8 km. Só recomendo se você estiver equipado com tênis, chapéu e protetor solar. Sem chapéu senti um pouco de dor de cabeça, por conta do sol quente!

A Rota do Lagarto é um caminho bonito, não vou me aprofundar no assunto, porque renderá outra postagem!
Retornamos para a cidade, chegamos as 14h30 aproximadamente, para nossa decepção, fecharam a entrada do Morangão, com o argumento de que estava tumultuado, devido ao grande número de pessoas. Um dos organizadores estava na porta tentando explicar a situação. Ficamos aguardando do lado de fora, como centenas de outras pessoas, na esperança de conseguir entrar um pouquinho!


Após o corte da torta gigante às 15h, o local ficou um pouco mais vazio, liberaram a entrada gratuitamente, (quem entrou antes pagou 15,00). A polícia revistava todos que entravam, afinal uma confusão ali seria um caos, com tanta gente em um espaço tão pequeno. Na verdade nem é tão pequeno, porém não é tão estruturado quanto o Polentão (Local da Festa da Polenta). O que acontece é que o Morangão não tem uma cobertura fixa e as instaladas, cobriam uma pequena parte do local,


Como ninguém queria ficar no sol quente, uma grande área em céu aberto, ficava vazia!


Fiquei com muita pena das pessoas, principalmente das crianças que se apresentavam naquele sol forte. Inclusive as apresentações no palco (coberto), deixava as crianças totalmente expostas aquele calor.
Queria ter curtido as apresentações de danças, mas infelizmente as apresentações que não eram feitas no palco, era impossível visualiza-las, pois com a aglomeração das pessoas, todas em um mesmo nível, era bloqueada a visão. O que não ocorre na Festa da Polenta, onde os dançarinos ficam em um nível acima do público, para facilitar a visualização.


A desorganização era visível nas filas, no tumulto para comprar fichas, aliás esse foi um outro problema, não foi padronizado vendas com fichas ou sem fichas... Alguns stands você comprava diretamente ali, já outros era necessário comprar a ficha.
E os artesanatos? Pensei que iria encontrar artesanatos com tema de morango, assim como vi na Festa da Polenta, porém fiquei um pouco decepcionada quanto a isso, pois havia pouco artesanato e estavam vendendo também objetos que não combinavam com o objetivo da festa, inclusive pareciam ser "piratas": bancas de óculos, roupas, bonés... enfim... 
Da torta não posso reclamar, embora fosse realmente muito grande, estava saborosa, vi muitas pessoas com embalagens de viagem, levando uma quantidade grande para a casa. O pedaço foi vendido a R$5,00, um tamanho bem generoso.




Estão vendo o monumento de morango? Super disputado para fazer uma fotinha!

Além da Torta de morango, provamos o fundue R$8,00. Claro de tanto ver morango, bateu uma vontade louca de morango com chocolate!!!




Um evento que acontece há tantos anos, é de se esperar que tudo aconteça de um modo mais organizado. A fama da Festa do Morango cresceu muito, atraindo a cada ano um número maior de pessoas, infelizmente o Evento não acompanhou esse crescimento, não se adaptou ao crescimento do público. Achei a Festa muito comercial, esperava mais atrações típicas da região, mais artesanato... Enfim... mais valorização da cultura da região. Acredito que os organizadores estão pensando em uma solução para a 30ª Festa. É um Evento de grande potencial turístico. Parabenizo a todos os voluntários que trabalharam na Festa por amor a este Evento! Desejo todo sucesso do mundo a Festa do Morango!
Localização 
Pedra Azul pertence ao município de Domingos Martins – ES,  A Vila de Pedra Azul está distante 50 km da sede de Domingos Martins e se situa a poucos minutos de Venda Nova do Imigrante, a Capital Nacional do Agroturismo, de predominância italiana.
Como chegar?
Encontrei neste site todas as dicas para quem saí de Vitória:
http://jodelson.com/dicasdeviagem/como-ir-de-vitoria-domingos-martins/

Contato:
Site do Evento: http://afemor.blogspot.com.br/

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada pelo contato!