quinta-feira, 3 de agosto de 2017

Sônia Cabral: nova temporada da mostra de filmes Ciclorama começa nesta quinta (03)





Para os aficionados pela “sétima arte”, um debate pode sempre render momentos de conhecimento e, é claro, de diversas curiosidades sobre um determinado filme. E a mostra Ciclorama: Filme & Debates chega a sua segunda temporada com uma programação imperdível. Na próxima quinta-feira (03), a mostra reestreia com a exibição do clássico do neo-realismo italiano Ladrões de Bicicletas (1948), dirigido por Vittorio De Sica, e do curta-metragem "2 e meio", de 2010, do diretor capixaba Alexandre Serafini. A programação acontece no espaço cultural Palácio da Cultura Sônia Cabral, na Cidade Alta, em Vitória, às 18h30. Entrada franca.

Os outros filmes que serão apresentados durante o mês de agosto serão o suspense Gilda (1946), com direção de Charles Vidor, que vai contar com um bate-papo com a professora de comunicação social da UFES Gabriela Alves, e em comemoração aos 20 anos de lançamento do filme capixaba “O Amor está no Ar”, o Ciclorama além de exibir o filme vai contar com um bate-papo com o co-roteirista e assistente de Produção do longa-metragem, Marcelo Siqueira.

Ciclorama
Sempre no final da exibição haverá um debate com a presença de profissionais ligados ao meio do audiovisual capixaba, como pesquisadores, acadêmicos, realizadores, técnicos e produtores que abordarão diversos conteúdos que integram o conceito de cada filme. Será uma ótima oportunidade para que o público possa conversar sobre as curiosidades que envolvem as obras com grandes especialistas do assunto no Estado.


Programação- Ciclorama- Filmes & Debates

Local: Palácio da Cultura Sônia Cabral. Endereço: Praça João Clímaco, Cidade Alta, Vitória.
Horário: 18h30.
Entrada franca.
Os filmes são indicados para maiores de 14 anos.

  
Quinta-feira (03) - 18h30
Filme I - Ladrões de Bicicleta (Ladri di biciclette. 1947. ITA. Direção: Vittorio De Sic, preto e branco, Duração: 93 minutos. Ficção)
Convidado: Alexandre Serafini – Produtor, roteirista e diretor cinematográfico.
Sinopse: Após dois anos de espera, o desempregado Antonio Ricci (Lamberto Maggiorani) finalmente encontra um emprego colocando cartazes pela cidade de Roma, destruída pela Segunda Guerra. Como esse novo emprego exigia que Ricci tivesse uma bicicleta, a esposa dele, Maria (Lianella Carell), vende os lençóis de linho da família para resgatar o veículo do marido da loja de penhor. Mas no primeiro dia de Ricci no emprego a bicicleta é roubada. Assim Ricci e seu filho de 9 anos Bruno (Enzo Staiola) partem em busca da bicicleta roubada pelas ruas de Roma.

Filme II: 2 e Meio (Idem. 2010. BRA. Direção: Alexandre Serafini, Cor, Duração: 18 minutos. Ficção) 
Sinopse: Com o roubo de seu carro, usado para o trabalho, Hernani, um mecânico de elevadores, toma uma atitude desesperada.

10 de Agosto (quinta-feira)
  Filme: Gilda (Gilda, 1946, EUA. Direção: Charles Vidor, preto e branco, Duração: 110 minutos. Ficção).
Sinopse: Johnny Farrell (Glenn Ford), um aventureiro americano, vai trabalhar para Ballin Mundson (George MacReady), o proprietário de um cassino ilegal na Argentina, e rapidamente desponta como gerente e seu braço direito. Tudo vai bem até que Mundson retorna de uma viagem com sua nova esposa, Gilda Rita Hayworth , uma mulher do passado de Johnny. Mundson, sem saber de seu antigo caso, designa a Farrell o trabalho de manter Gilda uma esposa fiel. Cheia de ódio, Gilda faz de tudo para antagonizar, intimidar e injetar ciúmes em Farrell - até que as circunstâncias permitam que ele se vingue.

Convidada: Gabriela Alves - Professora do Departamento de Comunicação Social e do Programa de Pós Graduação em Comunicação e Territorialidades da UFES.  É uma das realizadoras do Cineclube e da Mostra Feministas de Quinta e da Mostra Tereza de Benguela.  Dirigiu e roteirizou o curta metragem “C(elas)” (2017), que trata da relação entre maternidade e ambiente prisional; atualmente desenvolve roteiro de longa-metragem sobre o mesmo tema e coordena equipe que desenvolve documentário sobre a condição de refugiados no Espírito Santo.

24 de Agosto (quinta-feira)
Filme: O Amor Está no Ar (Idem, ES. 1997. Direção: Amylton de Almeida, Duração: 70 minutos. Ficção)
  Convidado: Marcelo Siqueira: Co-roteirista, Assistente de Produção e 2º Assistente de Direção do filme.

Sinopse: Em uma emissora de rádio no Espírito Santo, Lora Berg (Eliane Giardini) comanda o "Namoro no Ar", um programa que promove encontros amorosos e entrevista pessoas que desejam encontrar o seu parceiro. Numa destas entrevistas, Lora conhece Carlos Henrique (Marcos Palmeira). Eles se envolvem e Carlos Henrique vai morar com Lora. Ela faz tudo por ele. Entretanto, em pouco tempo percebe que ele pode estar se aproveitando de sua generosidade.

Em comemoração aos 20 anos de lançamento “O Amor está no Ar” nos cinemas brasileiros, o Ciclorama além de exibir o filme vai contar com um bate-papo com o Co-roteirista e Assistente de Produção, Marcelo Siqueira.

Assessoria de Comunicação da Secult
Carol Veiga / Erika Piskac / Danilo Ferraz
secultes.imprensa@gmail.com
comunicacao@secult.es.gov.br
Tels.: 3636-7111/99808-7701/99902-1627
Facebook: secult.espiritosanto
Texto: Danilo Ferraz


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada pelo contato!