terça-feira, 24 de janeiro de 2017

Vitória tem apenas seis locais liberados para o banho de mar

Capital tem, ao todo, 25 pontos para banho.
Praia de Camburi está completamente imprópria para banhistas.


O banho de mar nas praias de Vitória está liberado em apenas seis dos 25 pontos, segundo o relatório da balneabilidade divulgado nesta quinta-feira (18) pela prefeitura. O secretário Municipal de Meio Ambiente, Luiz Emanuel Zouain, disse que o banho está proibido em toda a praia de Camburi.
Atualmente, o banho de mar só está liberado nas praias da Ilha do Boi e alguns pontos da Curva da Jurema e da Ilha do Frade. 
"Nós pedimos aos moradores de Vitória que, por favor, não tomem banho nessas águas nesse momento. As pessoas podem ficar sujeitas a infecções gastrointestinais, doenças epiteliais, alergias, pois é isso que a medicina prescreve, sendo esse um ambiente totalmente desfavorável", disse o secretário.
Pontos liberados:
1. Ilha do Frade - Praia da Ilha do Frade
2. Ilha do Frade - 1ª Praia à direita
3. Praia de Sta. Helena - 200 m à esquerda das barracas da Curva
4. Praia de Sta. Helena - Em frente às barracas da Curva
5. Ilha do Boi - Praia Grande
6. Ilha do Boi - Praia da Direita

Pontos próprios e impróprios para banho (Foto: Arte/ TV Gazeta)
Estudo
O estudo de balneabilidade é realizado semanalmente pela Prefeitura de Vitória, e mede a qualidade da água através do nível de coliformes fecais na água, geralmente lançado no mar pelo esgoto. Áreas com os níveis acima do aceitável são classificadas como impróprias.


A Prefeitura da Serra afirma que a cidade tem trabalhado em parceria com a concessionária que realiza o tratamento do esgoto do município no sentido de notificar os moradores a realizar a ligação na rede coletora sob pena de multa. Onde não houver rede coletora o morador deve construir fossa séptica individual.A Praia de Camburi foi classificada como imprópria para banho. Camburi recebe uma grande carga de esgoto lançado pelo município de Serra e também é afetada pelo movimento das marés e por rejeitos advindos do Canal da Costa.


Fonte: http://g1.globo.com/espirito-santo/noticia/2016/02/vitoria-tem-apenas-seis-locais-liberados-para-o-banho-de-mar.html

Praia Acessível muda de lugar após 'Curva' ficar imprópria para banho


Praia Acessível muda de lugar após 'Curva' ficar imprópria para banho

Novo ponto fica em frente ao Quiosque 2 na Praia de Camburi.
Projeto dá banho de mar em pessoas com limitação de mobilidade.

Do G1 ES










O projeto Praia Acessível, da Prefeitura de Vitória, vai passar a funcionar na Praia de Camburi depois que o ponto da Curva da Jurema ficou impróprio para o banho.
A mudança acontece, nesta quinta-feira (5), e o projeto vai funcionar, por enquanto, em frente ao Quiosque 2 de Camburi. Mas volta para a Curva assim que a balneabilidade for restabelecida.
Projeto 'Praia Acessível' ajuda quem tem mobilidade reduzida (Foto: Livia Albernaz/ PMV)
Projeto 'Praia Acessível' ajuda quem tem
mobilidade reduzida (Foto: Livia Albernaz/ PMV)
Na semana passada, a Justiça determinou que o programa fosse para outro lugar. A prefeitura tinha até 10 dias para fazer a mudança e a multa diária em caso de descumprimento era de R$ 5 mil.
Projeto
Esse projeto permite que pessoas que tenham alguma limitação de mobilidade tomem banho de mar.

O Praia Acessível tem três cadeiras que flutuam na água e não afundam na areia.
A equipe é formada por assistentes sociais, psicólogos e professores de Educação Física.
No verão, o Praia Acessível funciona de quinta-feira a domingo, das 8h às 13h.
Projeto Praia Acessível, em Vitória (Foto: Leonardo Silveira/PMV)Projeto Praia Acessível, em Vitória (Foto: Leonardo Silveira/PMV)
Fonte: http://g1.globo.com/espirito-santo/noticia/2017/01/praia-acessivel-muda-de-lugar-apos-ponto-de-banho-ficar-improprio-no-es.html

terça-feira, 10 de janeiro de 2017

Vitória estuda implantação de ônibus de dois andares para city tour

Uma empresa interessada em operar o serviço na capital e também na Grande Vitória reuniu-se com o prefeito Luciano Rezende

Vitória poderá contar com o serviço de city tour realizado por aqueles famosos ônibus de dois andares. Os veículos possuem a parte superior aberta para melhor visualização das paisagens por parte dos turistas e são famosos em muitas cidades do mundo.
Uma empresa interessada em operar o serviço na capital e também na Grande Vitória reuniu-se, na tarde desta última segunda-feira (9), com o prefeito Luciano Rezende
Uma empresa interessada em operar o serviço na capital e também na Grande Vitória reuniu-se, na tarde desta última segunda-feira (9), com o prefeito Luciano Rezende
Foto:Divulgação











Uma empresa interessada em operar o serviço na capital e também na Grande Vitória reuniu-se, na tarde desta segunda-feira (9), com o prefeito Luciano Rezende para apresentar a proposta, que vai ajudar a incrementar o turismo em toda a região.
O prefeito ficou entusiasmado com a ideia. "Essa é uma iniciativa que já existe em várias capitais importantes do mundo com beleza turística, que é o caso de Vitória. Aproveitando o grande esforço de integração das gestões metropolitanas, eu já falei com o prefeito Max Filho, de Vila Velha, que gostou muito da ideia, também o Audifax, da Serra, o Juninho, de Cariacica, além de Guarapari, Viana, Fundão. Todas essas cidades têm pontos turísticos, e nós podemos tentar fazer roteiros que possam envolvê-las", disse Luciano Rezende.
Ele completou: "A vista do Convento da Penha e da baía de Vitória, que são uma das cenas mais lindas do mundo, vai fazer um sucesso total entre os turistas e também entre os moradores do Espírito Santo, que poderão utilizar esse tipo de veículo para observação".
A proposta, inclusive, será levada por Luciano para os demais prefeitos na reunião que ocorrerá nesta quarta-feira (11), quando eles vão discutir assuntos que envolvem os municípios da Região Metropolitana.
O secretário municipal de Turismo, Trabalho e Renda Leonardo Krohling enfatizou, ainda, a importância do serviço de city tour também ocorrer em outras cidades da Região Metropolitana. "A gente tem total interesse para que a Região Metropolitana esteja incluída também porque Vitória é uma cidade indutora do turismo. Nada melhor do que englobar Vila Velha, Serra, Cariacica para que tenhamos todos os atrativos turísticos visitados pelo moradores e visitantes por meio do ônibus", destacou.


Fonte: http://novo.gazetaonline.com.br/noticias/cidades/2017/01/vitoria-estuda-implantacao-de-onibus-de-dois-andares-para-city-tour-1014012739.html

quinta-feira, 5 de janeiro de 2017

Ônibus de Vitória são equipados com Wi-Fi grátis em fase de teste

Vinte ônibus já estão operando com Wi-Fi; intenção é que toda a frota tenha.
Segundo a prefeitura, não haverá custos.

Kaique Dias
Da CBN Vitória
Ônibus com wi fi receberam um selo especial (Foto: Kaique Dias/CBN Vitória)Ônibus com wi fi receberam um selo especial (Foto: Kaique Dias/CBN Vitória)









Cerca de 20 ônibus do sistema municipal de Vitória estão sendo equipados com internet Wi-Fi. Por meio de patrocínios, a rede não vai gerar custos para os órgãos públicos e empresas responsáveis pelo sistema, segundo a prefeitura.
A ideia elaborada por uma empresa de tecnologia está sendo testada desde o início desta semana e há pretensão de colocar a rede em todas as 56 linhas da capital, além dos coletivos do sistema Transcol, que atendem a região Metropolitana de Vitória.
Chamado Neobox, o sistema de internet funciona como um roteador Wi-Fi de longo alcance, permitindo a conexão de até 50 pessoas ao mesmo tempo. A rede capta internet via 3G ou 4G e a velocidade de download deverá ser no mínimo de 256 kbps por pessoa, mas depende da demanda.

O aparelho possui ainda sistema GPS, que oferece a localização exata do coletivo. O roteador já foi homologado pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel).

Segundo o diretor e sócio da empresa, Naor Alves, o custo será bancado por meio de patrocínios de empresas, que terão divulgação de produtos no momento em que o usuário fizer o cadastro na rede, por meio de banners e vídeos promocionais.

“Vem da divulgação de mídia digital, através do Wi-Fi. Quem vai custear são empresas que desejam vincular a marca através do serviço. As prefeituras e empresas não vão gastar nada com isso”, acrescentou.
Naor explica ainda que a rede deve continuar em fase de testes por até dois meses. Depois, poderá ser ampliado para toda a frota, que na capital é de aproximadamente 220 veículos de 56 linhas.
Prefeitura
A Secretaria Municipal de Transportes, Trânsito e Infraestrutura Urbana (Setran) de Vitória disse que, como o sistema não deve gerar custos, tem pretensão de que seja ampliado para toda a frota municipal após os testes.

O Sindicato das Empresas de Transporte Metropolitano da Grande Vitória (GVBus) foi procurado para comentar sobre a possibilidade de adesão no sistema Transcol e disse apenas que não está em estudo sobre este assunto no momento.
Saiba quais linhas já tem Wi-Fi
- 184 - Jardim da Penha / Rodoviária (Via Avenida Maruípe) - 2 veículos
- 211 - Santo André / Jardim Camburi (Via Beira Mar) - 5 veículos
- 290 - Estrelinha / Jardim Camburi (Via Beira Mar) - 2 veículos
- 310 - Santo André / Jardim Camburi (Via Jardim da Penha) - 2 veículos

Linhas que ainda vão receber o sistema
- 110 - Estrelinha / Jardim Camburi (Via Reta da Penha) - 2 veículos
- 121 - Mário Cypreste / Jardim Camburi (Via Reta da Penha) - 5 veículos
- 164 - Mário Cypreste / Jardim Camburi (Via Avenida Marechal Campos) - 2 veículos


Fonte: http://g1.globo.com/espirito-santo/noticia/2017/01/onibus-de-vitoria-sao-equipados-com-wi-fi-gratis-em-fase-de-teste.html