sexta-feira, 3 de fevereiro de 2017

Exposição de Madre Teresa de Calcutá chega a Vitória

A cerimônia de abertura terá início às 16 horas desta sexta-feira (3) e será presidida pelo arcebispo Dom Luiz Mancilha Vilela

Madre Teresa de Calcutá
Madre Teresa de Calcutá
Foto:Divulgação/Internet
Via Gazetaonline
A partir desta sexta-feira (3), o Shopping Vitória receberá a exposição “Madre Teresa de Calcutá – Vida, Mensagem e Espiritualidade”. A mostra que conta a história da missionária, canonizada em setembro de 2016 após ter um milagre concedido a um brasileiro reconhecido pelo Vaticano, ficará em cartaz até o dia 31 de março, com funcionamento de segunda à sábado, das 10 às 22h; e aos domingos e feriados, das 15 às 21h. A cerimônia de abertura terá início às 16 horas e será presidida pelo arcebispo Dom Luiz Mancilha Vilela.
Trata-se de uma exposição oficial, organizada pelas Missionárias da Caridade, com passagens por diversas capitais e demais cidades brasileiras, como Rio de Janeiro, Brasília, São Paulo, Santos, Salvador e Aracaju, além de excursões pelo exterior com escalas em Roma, na Itália, além de Espanha, Polônia, México e Estados Unidos.
Quem for ao shopping vai conhecer o exemplo de amor e total entrega da Madre a Deus. Os visitantes poderão ver diversos materiais informativos, como 56 painéis com fotos e textos em português e espanhol, 28 banners só de fotos, relíquias (hábito e 'sari'), como também conferir a réplica do quarto da Madre Teresa, um pequeno oratório e os painéis de visitas da Madre ao Brasil e outros com fotos ao lado do Papa São João Paulo II, que faleceu em 2005.
No local ainda estará disponível um documentário sobre o legado da agora santa.
Milagre com brasileiro
De acordo com informações, a cura do brasileiro Marcilio Haddad Andrino, que tinha múltiplos pontos de inflamação no cérebro, fez a Igreja decidir pela canonização de Madre Teresa de Calcutá. O milagre foi atribuído a ela em 2015. Ele sofria de abscessos cerebrais em 2008, dos quais médicos disseram que não iria se recuperar, levando sua família a rezar para Madre.
Após o pedido de intercessão à missionária Madre Teresa de Calcutá, Marcilio Haddad se viu curado pouco antes de uma operação marcada pelos médicos, quando foi informado pela equipe médica que não seria mais necessária uma cirurgia.
Quem é Madre Teresa?
Conhecida como a “santa da sarjeta”, por sua dedicação aos mais necessitados, Madre Teresa de Calcutá é natural de Skopje, na Macedônia. No entanto, era considerada por muitos como indiana, devido aos trabalhos em Calcutá, na Índia.
Fundou a Congregação das Missionárias da Caridade, que tem como intuito viver a caridade diária. Em setembro de 1928, ela entrou para o Instituto da Beata Virgem Maria, conhecido como as “Irmãs do Loreto”, na Irlanda, onde recebeu o nome de Mary Teresa.
Ela chegou a Calcutá no dia 6 de janeiro de 1929, onde fez os votos temporários em maio de 1931. Também lecionou na escola para moças em Entally. Atualmente, a congregação fundada por Madre Teresa tem cerca de 4500 religiosas, em mais de 130 países.
Madre Teresa morreu em 1997 aos 87 anos. Foi beatificada pelo Papa João Paulo II no dia 19 de outubro de 2003, Dia Mundial das Missões. Foi canonizada no dia 4 de setembro de 2016, pelo Papa Francisco, em uma missa celebrada na praça de São Pedro, no Vaticano.
Serviço:
Exposição “Madre Teresa de Calcutá – Vida, Mensagem e Espiritualidade”
Quando: de 03/02 a 31/03
Onde: no 2º Piso do Shopping Vitória, próximo à Zara
Horário: de segunda à sábado, das 10 às 22h. Domingos e feriados, das 15 às 21h.
Entrada: franca


Fonte:  http://novo.gazetaonline.com.br/entretenimento/cultura/2017/02/exposicao-de-madre-teresa-de-calcuta-chega-a-vitoria-1014020228.html

quarta-feira, 1 de fevereiro de 2017

Praça do Papa ganha maior tanque para observar tartarugas no Estado - Gazetaonline

Quatro das cinco espécies de tartaruga que há no Brasil estarão no local
Crianças e adultos, visitantes ou moradores de Vitória, poderão observar, a partir des, espécies de tartarugas no que será o maior tanque para observação desses animais em todo o Estado.
Local tem 226 metros quadrados e capacidade para 112 mil litros
Local tem 226 metros quadrados e capacidade para 112 mil litros
Foto:Carlos Alberto Silva











O Projeto Tamar, em parceria com a Prefeitura de Vitória, abre oficialmente quinta o tanque com visores subaquáticos, na Praça do Papa, na Enseada do Suá.
Mesmo oficialmente ainda fechado, quem esteve ontem no Tamar conseguiu ver bem de perto o que estará amplamente exposto para a população a partir de amanhã.
Crianças de todos os tamanhos e idades corriam de um lado para o outro para conseguir ver as três tartarugas no local.
“Ele é fã. A gente vem umas quatro vezes por ano. Ele gosta de natureza, bicho, tartaruga. A gente estimula, mas ele por conta própria já gosta”, diz o engenheiro Bruno Coelho, 44, sobre o filho Leonardo, 3, um dos mais empolgados ontem no local.
Tanque
O tanque tem 226 metros quadrados e capacidade para armazenar 112 mil litros de água. No local, estão as espécies tartaruga-verde, tartaruga-cabeçuda, tartaruga-de-pente e tartaruga-oliva.
“Das cinco espécies existentes no Brasil, quatro estão aqui”, ressalta o oceanógrafo Paulo Rodrigues, da Secretaria de Meio Ambiente de Vitória (Semman). “A tartaruga-verde, por exemplo, você só encontra na Ilha de Trindade, em Fernando de Noronha e no Atol das Rocas.
Paulo Rodrigues explica que as tartarugas que estão no local foram criadas desde pequenas no tanque e que a ideia é recuperar as que são selvagens e devolvê-las ao mar.

Fonte: http://novo.gazetaonline.com.br/noticias/cidades/2017/01/praca-do-papa-ganha-maior-tanque-para-observar-tartarugas-no-estado-1014019686.html